Aberta seleção para coordenação do Programa Objetivos do Milênio com enfoque em gênero e raça, no Brasil

(11/03/2009 - 17:24)


 

Seleção prioriza mulheres negras. Programa apoiará governo brasileiro na elaboração, implementação e monitoramento dos Planos Nacionais de Políticas para as Mulheres e de Promoção da Igualdade Racial.

 
 

Programa Conjunto Interagencial com financiamento da AECID (Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento) é composto pelas seguintes Agências do Sistema das Nações Unidas: OIT (Organização Internacional do Trabalho), PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento), UNFPA (Fundo de População das Nações Unidas), UN-HABITAT (Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos), UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) e UNIFEM (Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher). Estas Agências têm como principal objetivo apoiar o setor público na gestão da transversalidade de gêneros e raça nas políticas e ações programáticas do governo brasileiro como princípio gerador de democracia e desenvolvimento eqüitativo e fortalecer as organizações da sociedade civil.

 
 

Este Programa apoiará a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Secretaria Especial de Promoção de Igualdade Racial (SEPPIR) na elaboração, implementação e monitoramento dos Planos Nacionais de Políticas para as Mulheres e de Promoção da Igualdade Racial, bem como organizações da sociedade civil cuja atuação esteja centrada em ações de avaliação e monitoramento desses Planos na promoção da igualdade de gêneros e raça. A Agência líder será UNIFEM e supervisionará o trabalho do/a coordenador/a e o Grupo Técnico das agências tomará as decisões conjuntamente.

 
 

O Programa visa contribuir para a garantia da eqüidade de gêneros e raça, uma vez que a abordagem dessas dimensões no processo de elaboração, implementação e monitoramento das políticas públicas fortalece a cidadania das mulheres, particularmente as mulheres negras, bem como busca promover seus direitos, na igualdade no acesso aos bens e serviços potencialmente disponíveis, bem como estimulam a mobilização e participação sociais, fatores fundamentais para a consecução do desenvolvimento humano eqüitativo.


Mais informações no Termo de Referência


 

Fonte: ONU Brasil