Justiça de Paty do Alferes condena mecânico por discriminação

A justiça de Paty do Alferes condenou o mecânico Mauro Monteiro Pinto a pagar uma indenização de R$3.000,00 por ameaçar e ofender Marcelo da Silva Gomes, seu vizinho. Marcelo, que é adepto do Candomblé, foi chamado de macumbeiro e xingado no início deste ano, durante festa típica em Paty do Alferes.

Marcelo, que é aposentado por invalidez, foi ofendido quando fazia oferenda no bairro Palmares. Mauro, além de ofendê-lo, ameaçou-o caso ele proseguisse com àquele ritual.

Com o apoio da Organizão de Direitos Humanos Projeto Legal, ele decidiu mover uma ação contra o mecânico e teve ganho de causa dado ontem pela justiça.